topo_cabecalho
UFCG recebe área para Fazenda Experimental do CCTA

São 30 hectares localizados no município de São Domingos

 

Nessa terça, dia 26, ao assinar o termo de cessão provisória, pela Superintendência de Patrimônio da União (SPU), de 30 hectares para a instalação da Fazenda Experimental do Centro de Ciências e Tecnologia Agrícola (CCTA), campus de Pombal da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), o reitor Edilson Amorim considerou que as futuras instalações constituirão mais um expressivo equipamento de desenvolvimento para aquela região do Sertão paraibano e sua população.

 

Considerando que a área, por estar localizada em São Domingos, a 30 km do campus de Pombal, é uma expansão circunstancial da UFCG, Edilson Amorim enfatizou que o início da parceria com aquele município será promissora e que o momento era literalmente inaugural, pois “o mundo estava só começando”.

 

O diretor do CCTA, Roberto Queiroga, agradeceu à SPU por acreditar na proposta daquele centro de ensino e afirmou que a universidade saberá retribuir com resultados que repercutirão em desenvolvimento e interação social. Para o prefeito universitário, Geraldo Baracuhi, o momento era realmente histórico e ponto de partida para que o campus de Pombal se torne referência na pesquisa agrícola brasileira.

 

Odaisa Queiroga, prefeita de São Domingos, afirmou que, ao presentear à UFCG com uma área do município para a implantação da fazenda experimental, a União dava início a um ciclo de desenvolvimento para cidade e de orgulho para aquela população. 

 

Dizendo ter se emocionado com a forma como a população de São Domingos se engajou para aquela conquista, a superintendente da SPU na Paraíba, Daniella Almeida Bandeira, afirmou que - ao ouvir as razões e os anseios dos munícipes -, pode compreender muito bem a importância de deferir aquele pleito. “Acredito que, com a concretização do empreendimento, começará um movimento que modificará profundamente a região”, pontuou.

 

A Fazenda

 

Localizada a 30 km do campus de Pombal, a fazenda servirá como campo de experimentos e laboratórios para os cursos de Agronomia e das engenharias Ambiental e de Alimentos. Abrigará salas de aula, laboratórios, galpão para máquinas e implementos, estábulo, pocilga, estufas, silo trincheira, galpão para avicultura, fábrica de ração e contará com investimentos de custeio nas áreas de fruticultura, olericultura e grandes culturas.

 

(Marinilson Braga – Ascom/UFCG – 27.03.2013)