topo_cabecalho
Inaugurado campus da UFCG na cidade de Cuité-PB

A Universidade Federal de Campina Grande - UFCG inaugurou na última sexta-feira, 1º de setembro, o campus de Cuité, onde passa a funcionar o Centro de Educação e Saúde (CES) beneficiando estudantes das regiões do Curimataú e Seridó na Paraíba e Trairí, no Rio Grande do Norte. A inauguração do novo Centro Universitário contou com a participação de dirigentes da UFCG, autoridades locais e representantes de órgãos governamentais, de poderes constituídos, de estudantes da região além da comunidade em geral.

A solenidade de inauguração foi presidida pelo reitor da UFCG, professor Thompson Fernandes Mariz e pelo diretor do CES, professor Márcio de Matos Caniello e teve seu auge com a aula magna de abertura do semestre letivo 2006.2, proferida pelo ex-reitor da Universidade Federal da Paraíba e atual secretário executivo da Associação Brasileira das Instituições de Pesquisa Tecnológica (ABIPTI), professor Lynaldo Cavalcanti de Albuquerque, responsável pelo início do processo de interiorização do ensino superior na Paraíba.

Na oportunidade o reitor Thompson Mariz fez um balanço da atual situação dos campi da UFCG, falando sobre o aumento do número de vagas, criação de novos cursos de graduação e pós-graduação dentre outras ações que caracterizam a expansão interna. “Aproveitamos que o governo federal estava decidido a promover a interiorização do ensino superior e resolvemos criar o plano de expansão da nossa instituição, onde pensamos em contemplar primordialmente quatro regiões geográficas do Estado e dentre elas aqui está o Curimataú, que recebe aqui na cidade de Cuité este mais novo campus”, destacou Thompson, que falou ainda dos compromissos futuros da UFCG com a comunidade universitária.

O diretor do CES, Márcio Caniello, disse em seu discurso que o novo campus “é uma obra que contribuirá para a melhoria da qualidade de vida da população local e da região, pois está atendendo a duas coisas essenciais ao progresso humano: a educação e a saúde”. Ele enfatizou que “uma Universidade pública gera a inclusão, dessa forma promove o desenvolvimento que encadeia transformações sociais. Entregamos hoje um patrimônio que é do povo, fruto de um processo de construção desencadeado a partir de um diálogo entre a universidade e a sociedade”.

Já o prefeito constitucional de Cuité, Antônio Medeiros Dantas, falou sobre a importância que a instalação da UFCG trás para o desenvolvimento da cidade e da região e para a melhoria da qualidade de vida de sua população. “Esse campus é uma riqueza não só para Cuité, mas para toda a região. Dentro de alguns anos todos perceberão a mudança que este fato proporcionará. Essa é uma história que vai ser contada por muitos e muitos anos”, enfatizou o prefeito que na ocasião anunciou a doação à Universidade de toda área da localidade Olho D’Água da Bica, para a criação de um parque ecológico, com a finalidade de preservar os recursos naturais do local e o patrimônio histórico representado através de inscrições rupestres presentes naquela área.

A solenidade de inauguração do campus de Cuité finalizou com uma sessão na Câmara Municipal para outorga dos títulos de cidadania cuiteense ao reitor Thompson Mariz – entregue pela vereadora Nilda da Rocha Dantas, ao diretor do CES, Márcio Caniello – entregue pela vereadora Gilzilene Azevedo Dantas, ao vice-diretor do CES, Ramilton Marinho – entregue pela vereadora Halina Helinskia Santos Araújo e ao prefeito universitário Eduardo Jorge de Lira Bonates – entregue pelo vereador Pedro Henriques da Silva Júnior.

O campus

O campus de Cuité possui uma área de 5 hectares, e funciona nas instalações da antiga Escola Agrícola Raimundo Asfóra, a qual passou por ampla reforma em sua estrutura para abrigar provisoriamente a diretoria do Centro de Educação e Saúde, as unidades acadêmicas e as coordenações dos cursos de Licenciatura em Matemática, Física, Química e Biologia. A reforma ainda incluiu quatro salas de aula, com capacidade para 50 alunos cada uma e o prédio do Laboratório de Informática com capacidade para 60 computadores, onde serão realizadas atividades de ensino e extensão, através da promoção de cursos para a comunidade local e estudantes de escolas do ensino fundamental e médio.

Também no local, já está em estágio avançado a construção do primeiro bloco de salas de aula, com dois pavimentos compostos por 7 salas de aula cada um. Outra obra em andamento é a construção do ambiente para os professores, composto por 47 salas com capacidade para abrigar dois professores em cada uma.

Legenda: Descerramento da placa: da esquerda para a direita, o diretor Márcio Caniello, o prefeito de Cuité, Antônio Medeiros, o Reitor Thompson Mariz (de óculos), e, ao seu lado, o ex-reitor da UFPB, professor Lynaldo Cavalcanti.