O USO DE NONI (Morinda citrofolia L.) POR PACIENTES ONCOLÓGICOS: UM ESTUDO BIBLIOGRÁFICO.

Danielly Dantas Pimentel, Ariadne Messalina Batista Meira, Cristina Ruan Ferreira de Araújo, Marcelo Italiano Peixoto

Resumo


O presente artigo tem como objetivo mostrar, através da literatura científica, as características do fruto popularmente conhecido por Noni (Morinda citrifolia L.), suas vantagens como coadjuvante no tratamento do câncer, bem como as contra-indicações e os efeitos colaterais e/ou adversos que existem. Para isso, realizou-se uma revisão da literatura nas bases de dados Scielo, Periódicos CAPES e livros acerca de estudos teóricos e empíricos, brasileiros e internacionais, sobre o uso de plantas medicinais no tratamento dos pacientes acometidos. Além disso, também houve pesquisa nos sites da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) e do Instituto Nacional do Câncer (INCA), objetivando investigar aspectos benéficos e maléficos do uso do Noni em pacientes oncológicos. Assim, utilizou-se como descritores os termos Câncer, Fitoterapia, Antineoplásicos e Morinda citrifolia L. Dessa busca, foram analisados 9 artigos brasileiros, 12 artigos internacionais e 01 livro. Em relação aos periódicos foram considerados os seguintes critérios de refinamento: estudos publicados entre 1990 e 2014 (nacionais e internacionais) e exclusão de textos que desviavam do propósito do estudo. Ficou perceptível que o Noni vem sendo utilizado pelas populações a mais de 2000 anos enquanto produto medicinal, e pesquisas recentes mostram seus benefícios no tratamento contra o câncer, mas ainda é necessário o desenvolvimento de estudos pré-clínicos e clínicos que esclareçam e viabilizem o uso de Morinda citrifolia L. com maior eficácia para o tratamento do câncer.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.