Calendário 2016.1


 

DATAS

CALENDÁRIO PPGH-UFCG 2016.1

 

Junho 2016

 

 

24

Feriado Municipal – São João

 

 

27 e 28

Matrícula em Disciplinas REGULARES

 

 

Julho 2016

 

 

04

Início das Aulas

 

 

11

Aula Inaugural

 

 

Outubro 2016

 

 

11

Feriado Municipal – Aniversário da Cidade

 

 

12

Feriado Nacional – Padroeira do Brasil

 

 

14

Término das Aulas

 

 

10 a 31

Depósito para Qualificação Turma 2015

 

 

Novembro 2016

 

 

02

Feriado Nacional – Finados

 

 

15

Feriado Nacional – Proclamação da República

 

 

10 a 30

Defesa de Qualificação Turma 2015

 

 

Dezembro 2016

 

 

08

Feriado Municipal – Nossa Senhora da Conceição

 

           

 

 

Resolução N° 09/2006 do PPGH – UFCG.

 

DO TRANCAMENTO E CANCELAMENTO DE MATRÍCULA

 

Art. 41. Será permitido o trancamento da matrícula em uma ou mais disciplinas, desde que ainda não tenham sido realizadas 30% das atividades previstas para a disciplina, salvo caso especial, a critério do Colegiado.


§1º O pedido de trancamento de matrícula em uma ou mais disciplinas constará de um requerimento justificativo, feito pelo aluno e dirigido ao Coordenador, com o visto do(a) professor(a) da disciplina e aquiescência do(a) Orientador(a).

§2º O deferimento do pedido compete ao Coordenador do Programa, ouvidos, previamente, o(a) Orientador(a) do(a) aluno(a) e o(a) professor(a) da disciplina, respeitadas as disposições em vigor.

§3º O deferimento de pedido de trancamento de disciplina feito por aluno bolsista só será concedido pelo Coordenador se este ato não implicar que o aluno passe a cursar um número de créditos inferior ao mínimo fixado pelo Colegiado, sob risco de perda da bolsa de estudos.

§4º É vetado o trancamento de matrícula, mais de uma vez, na mesma disciplina, salvo casos excepcionais, a critério do Colegiado do Programa.

§5º O trancamento da matrícula no primeiro período letivo será interpretado como desistência do Programa, por parte do(a) candidato(a).

§6° O trancamento de matrícula em qualquer disciplina não deverá constar no Histórico Escolar do(a) aluno(a).

 

Art. 42. O trancamento de matrícula em todo o conjunto de disciplinas corresponderá à interrupção dos estudos e só será permitido, em caráter excepcional, por solicitação do aluno e justificativa expressa do(a) Orientador(a), a critério do Colegiado.

§1º O prazo máximo de interrupção de estudos permitido será de um período letivo, não sendo computado no tempo de integralização do Programa.

§2º A solicitação de interrupção de estudos deverá observar o prazo estipulado e divulgado pela Secretaria, de acordo com o calendário escolar praticado pelo Programa.

§3º Aprovado o trancamento de matrícula, o aluno, se for bolsista sob controle da Coordenação, perderá automaticamente a bolsa de estudos, podendo a mesma ser remanejada para outro aluno.

§4º O trancamento concedido deverá ser, obrigatoriamente, mencionado no Histórico Escolar do aluno com a menção “Interrupção de Estudos”, seguida de anotações do período letivo de ocorrência e da data de homologação pelo Colegiado do Programa.

§5º Admitir-se-á o cancelamento de matrícula, em qualquer tempo, por solicitação do(a) aluno(a), correspondendo à sua desvinculação do Programa.

 

 

Nota de Lembranças

 

Wilker,

Gosto muito de escrever. Mas esse texto saiu com muito sacrifício, com a angústia de quem é pai de um jovem tão jovem quanto você. Escrever sobre sua partida desta terra é um ato de dor, mas um gesto necessário. Um gesto que nos faz lembrar seus sorrisos pelos corredores do PPGH e do curso de História, sua bravura e desempenho durante a entrevista na seleção do mestrado, seu boné quase sempre presente em seu corpo, seu tema de pesquisa cativante. Você foi, vaqueiro de Gado Bravo, cavalgar em outros mundos, sorrir para outros seres. Você foi, honrado aluno, divulgar sua inteligência e respeito em outros espaços. E porque foste, nos deixastes coberto de saudades, de lembranças, de vazios. Você deixou seus projetos inacabados, sua dissertação por escrever, seu mestrado para concluir, suas vaqueiras para entrevistas. Você deixou seus amores, suas paixões, suas amizades. Mas deixou, mesmo sendo jovem, um legado de quem soube honrar e respeitar os professores, os amigos, os parentes. E nós, que formamos o PPGH da UFCG, sentimos muito sua partida precoce. Mas sentir é humano e queremos continuar humanos.

Vai vaqueiro, vai peão...

 

 

Observação: a utilização de palavras do universo da vaquejada nesta nota é, também, uma homenagem a Wilker, já que o mesmo desenvolvia sua pesquisa no mestrado, sobre a vaquejada.